PUBLICIDADE
Topo

Paris perdeu um terço de seus bistrôs em 10 anos

31/01/2019 17h38

SÃO PAULO, 31 JAN (ANSA) - Vítimas dos fast foods, os bistrôs de Paris têm perdido força nos últimos 10 anos, quando a quantidade desse tipo de restaurante na cidade diminuiu em um terço.   


Protagonistas de uma longa história e terreno de gerações de artistas, os bistrôs na capital francesa se reduziram de 3 mil para apenas mil em uma década, apontou o jornal italiano La Repubblica.   


Para proteger a autenticidade desses locais, a prefeita Anne Hidalgo anunciou nesta quarta-feira (30) uma classificação com os 100 bistrôs mais tradicionais da capital. Frequentados por operários em seu início, os bistrôs têm preços mais acessíveis, com uma média de 15 euros por um prato, uma taça de vinho e um café.   


Em um misto de restaurante e bar, onde se pode ter serviço de mesa, mas onde também é permitido apenas sentar ao balcão e pedir um café, os bistrôs têm a cozinha sempre aberta, diferentemente de muitos restaurantes, sendo possível comer a qualquer hora do dia. Por consequência, o esforço para quem administra esses estabelecimentos é bem maior.   


Os menus dos endereços mais autênticos divulgados por Hidalgo concentram-se ainda hoje nos clássicos da cozinha parisiense, como mousse de chocolate e couve-flor recheada. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.