PUBLICIDADE
Topo

Alonso rebate críticas de ex-presidente da Ferrari

27/03/2019 16h29

ROMA, 27 MAR (ANSA) - O piloto espanhol Fernando Alonso utilizou nesta quarta-feira (27) as suas redes sociais para rebater as críticas do ex-presidente da Ferrari Luca di Montezemolo.   


Em uma entrevista aos canais oficiais da Fórmula 1 (F1), o empresário italiano declarou que Alonso não era tão próximo da equipe como o alemão Michael Schumacher e o ex-piloto Niki Lauda, e que isso fazia o espanhol pensar mais nele mesmo do que na Ferrari.   


Montezemolo ainda afirmou que a personalidade de Alonso foi um dos motivos pelo espanhol não ter feito tanto sucesso na Ferrari.   


"Quando ele vence, ele está feliz. Quando ele não vence, é culpa da equipe, ele fica infeliz. Ele está menos perto do time do que Michael e Niki, principalmente nos momentos difíceis. Estar perto da equipe nos bons momentos é fácil", disse o ex-presidente da Ferrari Alonso, por sua vez, não ficou quieto e prontamente rebateu no Twitter as críticas do ex-mandatário da escuderia italiana.   


"Tinha de haver uma razão para não seguir essa conta até agora.   


Hoje vocês me lembram de novo! O presidente nunca disse isso.   


Especialmente depois de marcar 80% dos pontos para a nossa equipe. Corremos bem juntos, de todo o coração e lutamos até a última corrida por campeonatos", escreveu o espanhol.   


Alonso ficou cinco anos na Ferrari e foi vice-campeão em 2010, 2012 e 2013. Atualmente longe da F1, o espanhol disputa o Mundial de Endurance pela Toyota.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.