Topo

Eduardo Bolsonaro é o novo líder do PSL na Câmara

21/10/2019 18h04

SÃO PAULO, 21 OUT (ANSA) - Em um novo capítulo da crise no PSL, o Delegado Waldir (GO) decidiu deixar o cargo de líder do partido na Câmara nesta segunda-feira (21). Com sua desistência, o posto será ocupado pelo deputado Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República. A decisão foi divulgada nesta manhã em um vídeo no qual Waldir reconhece que a liderança foi passada para o deputado, "de forma transparente". Logo depois, a Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados confirmou o nome de Eduardo no cargo. A oficialização do nome do filho de Bolsonaro ocorreu depois que a ala bolsonarista conseguiu 32 assinaturas de apoiadores de Eduardo e protocolou o documento, segundo a secretaria. Do número total, apenas 28 eram válidas, mas mesmo assim foram o suficiente para definir o novo líder da bancada.   


Desta forma, Waldir antecipou sua saída. Em declaração sobre a nova função, Eduardo disse que seu "desejo é que principalmente o PSL voltasse a ser o partido do governo".   


A disputa pela liderança do PSL na Casa teve início há duas semanas e é resultado da polêmica interna, a qual a ala ligada a Bolsonaro briga pelo poder com os seguidores do presidente da legenda, o deputado Luciano Bivar. Na semana passada, inclusive, os parlamentares simpatizantes de Bolsonaro já haviam tentado destituir Waldir, mas sem sucesso.   


Em retaliação, o presidente brasileiro retirou a deputada Joice Hasselmann (SP) do cargo de líder do governo no Congresso.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias