PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Sainz rejeita comparação com Barrichello e mira título mundial

21/09/2021 10h46

ROMA, 21 SET (ANSA) - O espanhol Carlos Sainz, que disputa sua primeira temporada na Fórmula 1 pela Ferrari, afirmou na última segunda-feira (20) que não ficaria feliz em ser um Rubens Barrichello dentro da equipe de Maranello.   


Aos 27 anos de idade, Sainz divide os boxes da Ferrari com o monegasco Charles Leclerc. Em um evento em Madri, o espanhol comentou que não pretende ser apenas o piloto "número dois" da escuderia, como aconteceu com o brasileiro Barrichello na época em que Michael Schumacher era seu companheiro de equipe.   


Barrichello correu pela Ferrari entre 2000 e 2005, mas não venceu nenhum título individual da F1. O brasileiro, no entanto, viu Schumi ganhar cinco campeonatos no período e foi vice-campeão nos anos de 2002 e 2004.   


"Não, porque eu quero ser campeão mundial. Só o tempo vai dizer se vou conseguir, mas me esforço todos os dias", respondeu Sainz, após ser perguntado se gostaria de "entrar para a história como um Barrichello, fiel escudeiro da Ferrari".   


Apesar dos recentes bons resultados da McLaren, Sainz revelou que não sente saudades da sua ex-equipe. O piloto ainda confirmou na coletiva que está "encantando" com a Ferrari.   


O melhor resultado de Sainz nesta temporada foi um segundo lugar no Grande Prêmio de Mônaco. O espanhol também subiu no pódio na etapa da Hungria. (ANSA).   


Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.