Trento lidera ranking de cidade 'mais verde' da Itália

ROMA, 23 OUT (ANSA) - Trento, na região do Trentino-Alto Ádige, foi avaliada como a cidade "mais verde" da Itália, segundo relatório elaborado pela ONG Legambiente e divulgado nesta segunda-feira (23).   

A capital do Trentino-Alto Ádige lidera o ranking dos municípios italianos em desempenho ambiental, com uma pontuação de 85,86%, seguido por Mântua, na Lombardia (82%), e Pordenone, em Friuli-Venezia Giulia (81,41%).   

Na sequência aparecem Treviso em 4º lugar, Reggio Emilia (5º) e La Spezia (6º). Já na sétima posição está Cosenza, a cidade da região sul do país mais bem colocada, atrás de Cagliari (16ª) e Oristano (22ª).   

Cremona ocupa a 13ª colocação, após ganhar oito posições em relação ao 21º lugar de 2022. Entre os 50 primeiros mais bem posicionados também estão outras grandes cidades como Veneza (11º), Bolonha (23º), Perugia (24º).   

Milão perdeu quatro posições e passou de 38º lugar para 42º, enquanto que Florença caiu para 53º e Gênova, para 58º. Por sua vez, a capital da Itália, Roma, aparece somente no 89º lugar, atrás de Caltanissetta (103º), Catânia e Palermo (ambos 105º).   

Os dados constam no "Ecosistema Urbano 2023", relatório criado pela Legambiente em colaboração com Ambiente Italia e Il Sole 24 Ore, sobre o desempenho ambiental de 105 capitais de províncias e é baseado em 19 indicadores, distribuídos por seis áreas temáticas: ar, água, resíduos, mobilidade, ambiente urbano e energia.   

"É preciso infraestruturar as cidades, criando as plantas industriais da economia circular, reduzindo as perdas na rede de distribuição de água, completando a rede de esgotos e purificação de águas residuais, facilitando a permeabilidade do tecido urbano à água da chuva para se adaptar à crise climática e recarregar os aquíferos, espalhando postos de carregamento elétrico em espaços públicos", alertou Stefano Ciafani, presidente nacional da Legambiente.   

Segundo ele, é necessário também "vontade política, a nível nacional e local, que tem faltado até agora e que se torna cada vez mais urgente ano após ano".   

Para Mirko Laurenti , responsável pelo Ecossistema Urbano da Legambiente, "a melhor forma de responder às emergências urbanas de 30 anos é dar o exemplo das experiências virtuosas, que já existem também na Itália graças ao trabalho realizado por alguns corajosos e prefeitos visionários".   

Continua após a publicidade

Confira as 10ª primeiras colocadas: 1º.Trento - 85,86% 2º. Mantova - 82,00% 3º. Pordenone - 81,41% 4º. Treviso - 79,87% 5º. Reggio Emilia - 76,80% 6º. La Spezia - 74,81% 7º. Cosenza - 73,61% 8º. Forlì - 73,39% 9º. Bolzano 71,77% 10º. Belluno - 70,63% (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora