Netanyahu assegura que Israel retomará guerra contra Hamas

TEL AVIV, 29 NOV (ANSA) - O premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, assegurou nesta quarta-feira (29) que o país voltará a entrar em guerra com o Hamas após essa etapa de libertação de reféns sequestrados pelo grupo fundamentalista.   

"A minha resposta é inequivocamente sim. Não há possibilidade de não voltar a combater até o fim", disse o primeiro-ministro ao ser questionado sobre o assunto.   

"Essa é a minha política, todo o governo apoia essa posição, assim como os militares e o povo", acrescentou.   

A atual trégua com o Hamas vale até o fim desta quarta, mas negociações estão em curso para estender o acordo por até mais quatro dias, o que totalizaria 10 dias de suspensão do conflito.   

Uma fonte oficial citada pelo site israelense Ynet diz que esse é o prazo máximo de cessar-fogo que o governo Netanyahu aceitaria. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora