Homem mais bonito da Itália será padre

ROMA, 4 DEZ (ANSA) - O modelo Edoardo Santini, eleito o homem mais bonito da Itália em 2019, abandonou a carreira para virar padre.   

O florentino de 21 anos revelou nas redes sociais que deixou de lado seus sonhos no mundo da moda depois de anos de estudos nas áreas das artes dramáticas e da dança.   

"Estou no caminho para me tornar sacerdote, se Deus quiser", anunciou Santini depois de entrar em um seminário perto de Florença.   

"Decidi abandonar o trabalho de modelo, atuação e dança, mas não deixarei todas as minhas paixões, vou apenas viver todas elas de forma diferente, que será oferecendo-as a Deus", explicou o ex-modelo.   

Santini, que também era nadador, foi eleito o homem mais bonita da Itália em 2019, quando tinha 17 anos, em um concurso organizado pelo grupo de moda ABE. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes