Israel amplia operações por terra em Gaza e chega a Khan Yunis

TEL AVIV, 5 DEZ (ANSA) - O Exército de Israel anunciou nesta terça-feira (5) que suas tropas expandiram as operações terrestres contra o grupo fundamentalista islâmico Hamas para "todas as partes" da Faixa de Gaza.   

Os militares avançaram no território depois que o acordo de cessar-fogo chegou ao fim na última sexta-feira, após uma semana de duração.   

"Estamos no centro de Jabalya, em Shuyaia, e agora também em Khan Yunis", revelou o chefe do Comando da frente do sul israelense, general Yaron Finkelman.   

Segundo ele, estes são os "dias mais intensos desde o início da operação terrestre em termos de terroristas mortos, tiroteios e uso de poder de fogo terrestre e aéreo".   

"Pretendemos continuar a atacar e alcançar os nossos resultados", acrescentou Finkelman.   

Hoje, a Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinos (UNRWA) anunciou que mais 19 de seus trabalhadores foram mortos em ataques na guerra entre o Hamas e Israel, enfatizando que desde o início das hostilidades, em 7 de outubro, 7.130 "colegas" perderam a vida.   

Os dados atualizados no último dia 3 de dezembro também revelam que as pessoas deslocadas internamente eram quase 1,9 milhões - o equivalente a mais de 85% da população local - e quase 1,2 milhão delas estavam em 156 instalações de agências espalhadas pelas cinco províncias da Faixa, incluindo a norte e cidade de Gaza.   

Enquanto isso, as sirenes de alerta contra foguetes de Gaza soaram recentemente em Tel Aviv e no centro de Israel, fazendo com que diversas pessoas entrassem em abrigos, segundo apuração da ANSA.   

De acordo com a imprensa local, cerca de 15 foguetes foram lançados da Faixa de Gaza e alguns foram interceptados.   

Continua após a publicidade

Estilhaços caíram na zona portuária de Tel Aviv e outros perto de uma escola. Já em Holon, um carro foi atingido por fragmentos do míssil interceptado. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes