Trump volta a tribunal de Nova York em processo por fraude

NOVA YORK, 7 DEZ (ANSA) - Donald Trump voltou nesta quinta-feira (7) ao tribunal de Nova York, no âmbito do processo civil que enfrenta por fraude.   

Esta é a nona vez em que o ex-presidente americano comparece em tribunal, tendo testemunhado pela última vez em 6 de novembro, acusando a procuradora de Manhattan, Letitia James, e o juiz Arthur Engoron de "instrumentalização" e "caça às bruxas".   

O magnata e dois de seus filhos são acusados de inflar os ativos da Trump Organization por anos para obter empréstimos em condições mais favoráveis. James está buscando uma sanção de US$ 250 milhões.   

Trump terá que depor novamente em 11 de dezembro.   

"É uma caça às bruxas e um processo corrompido", reiterou o magnata aos jornalistas fora do tribunal.   

Vestindo terno escuro e gravata vermelha, como sempre, o magnata voltou a atacar o juiz e a procuradora. Em sua rede social "Truth", chamou-os de "loucos e racistas". (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora