Putin disputará reeleição para ficar no poder até 2030

ROMA, 8 DEZ (ANSA) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, confirmou nesta sexta-feira (8) que se candidatará à reeleição no pleito marcado para 17 de março de 2024.   

A informação é da agência de notícias russa Tass, que diz que a decisão foi relatada a jornalistas por participantes de uma reunião com o mandatário no Kremlin, após uma cerimônia pelo Dia dos Heróis da Pátria.   

Segundo essas fontes, Artem Zhoga, presidente do parlamento da autoproclamada República Popular de Donetsk, região rebelde do leste da Ucrânia, pediu para Putin se candidatar novamente, e o chefe de Estado concordou.   

Horas antes, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, havia dito que o presidente de 71 anos anunciaria sua decisão sobre as eleições somente "quando fosse necessário".   

Putin pode chegar ao quinto mandato como presidente, sendo o terceiro consecutivo, o que lhe garantiria no poder ao menos até 2030.   

Ex-agente da KGB, ele comanda a Rússia desde 1999, quando se tornou premiê na presidência de Boris Yeltsin. Desde então, se alternou nos cargos de primeiro-ministro e presidente, em meio a eleições sempre contestadas pela oposição. (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes