Astronauta, cirurgiã, policial: Meninas refugiadas sírias 'vestem' seus sonhos profissionais

Um ensaio fotográfico estimulou meninas do campo de refugiados de Zaatari, no norte da Jordânia, a imaginar seu futuro pessoal e profissional.

Muitas dessas meninas viveram em primeira mão os horrores da guerra civil síria - e seus sonhos profissionais são diretamente impactados por isso. Há quem sonhe em ser médica para cuidar de pessoas feridas, ou advogada e policial para pôr fim a injustiças.

No projeto do Comitê Internacional de Resgate, elas conheceram praticantes das profissões de seus sonhos e refletiram sobre as rotinas que imaginam para si.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos