'Golpe' derruba 'Aletheia' no Twitter

Em um reflexo da polarização política que divide o Brasil, a hashtag 'Golpe' derrubou a hashtag 'Aletheia' -- nome da 24ª fase da Operação Lava Jato focada no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva -- entre os trending topics do Twitter na manhã desta sexta-feira (4).

Lula foi levado para depor por agentes da PF (Polícia Federal) de sua residência, em São Bernardo, na Grande São Paulo, ao aeroporto de Congonhas, como parte dos desdobramentos das investigações sobre o esquema de desvio de verbas na Petrobras.

Essa fase da operação apura se empreiteiras e o pecuarista José Carlos Bumlai --amigo pessoal do ex-presidente-- favoreceram Lula por meio de reformas em um sítio em Atibaia e um apartamento tríplex no Guarujá.

Diversos endereços ligados ao fundador do Partido dos Trabalhadores, incluindo a sede do Instituto Lula e o sítio que ele frequentava em Atibaia, no interior de São Paulo, foram visitados por agentes, que também fizeram operações em endereços de um dos filhos do presidente, Fabio Luiz, conhecido como Lulinha.

Segundo o MPF (Ministério Público Federal) no Paraná, a operação visa "aprofundar a investigação de possíveis crimes de corrupção e lavagem de dinheiro oriundo de desvios da Petrobras, praticados por meio de pagamentos dissimulados feitos por José Carlos Bumlai e pelas construtoras OAS e Odebrecht ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e pessoas associadas."

Logo após o início da operação, a hashtag "Aletheia" foi um dos termos mais compartilhados no Twitter. Horas depois, no entanto, quando Lula já estava a caminho para depor, a hashtag "golpe" ganhou força.

Em geral, esta hashtag tem sido usada por grupos ou indivíduos que discutem se a investigação de Lula faria parte de um suposto golpe contra o governo ou contra o PT.

Segundo dados da plataforma social Spredfast, "Aletheia" teve mais menções do que "Golpe", mas por volta das 9h do Brasil, "Golpe" ultrapassou "Aletheia".

No geral, "Lula" ainda é o assunto mais procurado do Twitter. A hashtag com o nome do ex-presidente também se transformou em trending topics em vários outros países do mundo, como Argentina, México e Estados Unidos.

Outras hashtags, como "House of Cards", alusão à série de ficção homônima veiculada pelo Netflix sobre a ascensão de um político inescrupuloso nos bastidores do Congresso dos Estados Unidos, e "São Bernardo", local da residência de Lula, também estiveram entre as mais compartilhadas por usuários da rede social no Brasil.

Até o termo "condução coercitiva" aparece entre os trending topics. Condução coercitiva ocorre quando o investigado é obrigado a prestar depoimento à polícia, ainda que sem acusação formal. Esse é o caso de Lula.

Militantes petistas também criaram uma hasthag, "LulaPresoPolítico", para defender o ex-presidente.

Outra voz pró-Lula nas redes sociais veio da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). Em um vídeo gravado dentro de um táxi e publicado em sua conta pessoal no Facebook, ela faz uma ampla defesa do ex-presidente, convocando a população às ruas e pedindo à defesa do 'Estado democrático de Direito'. O vídeo já teve 8 mil visualizações e 8 mil compartilhamentos.

A 24ª fase da Operação Lava Jato, iniciada na madrugada desta sexta-feira, foi batizada de "Aletheia", uma palavra grega que significa "verdade" e também "realidade".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos