Leste dos EUA entra em alerta por poderosa nevasca

  • Carlos Barria/Reuters

    20.jan.2016 - Nevasca congelou estradas, levou ao fechamento de escolas e à declaração de situação de alerta em vários Estados nos Estados Unidos

    20.jan.2016 - Nevasca congelou estradas, levou ao fechamento de escolas e à declaração de situação de alerta em vários Estados nos Estados Unidos

Mais de 80 milhões de pessoas em alerta devido à tempestade Jonas, a primeira deste inverno. Washington espera mais de 60 centímetros de neve, e cinco Estados declaram situação de emergência.

Escolas e prédios do governo permaneceram fechados nesta sexta-feira (22) e mais de 2.000 voos foram cancelados na costa leste dos Estados Unidos, que se prepara para a chegada de uma poderosa nevasca. Meteorologistas esperam uma queda recorde de neve, e cinco Estados do país declararam situação de emergência.

Mais de 80 milhões de pessoas em 15 Estados do leste do país estão em alerta devido à tempestade Jonas, a primeira deste inverno, que vai trazer não só muita neve, mas também vento forte. A nevasca chegará a Washington ainda nesta sexta-feira e seguirá em direção ao norte, passará por Nova York e chegará a Long Island no sábado.

O Serviço Meteorológico dos EUA prevê que a tempestade "potencialmente devastadora" levará 61 centímetros de neve para Baltimore e para a capital norte-americana e regiões ao seu redor. Em Nova York e região, a estimativa é de queda de cerca de 30 centímetros de neve. Na Filadélfia, são esperados entre 25 centímetros e 40 centímetros de neve.

A nevasca que se aproxima fez com que o sistema de metrô de Washington e região metropolitana, o segundo mais movimentado do país, suspenda seu funcionamento a partir da tarde de hoje até domingo. A neve atingiu também o transporte aéreo. Mais 2.200 voos em aeroportos da Carolina do Norte e na capital norte-americana foram cancelados nesta sexta-feira, e 3.000 no sábado.

Os prefeitos de Washington, Muriel Bowser, e de Nova York, Bill de Blasio, pediram à população que evite sair de carro durante os dias de alerta. Diversos eventos esportivos e culturais programados para o fim de semana foram cancelados.

Segundo o diretor do serviço climático da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA), Louis Uccellini, a tempestade pode causar danos de mais de US$ 1 bilhão e paralisar a costa leste.

"Ela tem o potencial de ser extremamente perigosa e pode afetar mais de 50 milhões de pessoas", ressaltou.

Os Estados de Tennessee, Carolina do Norte, Virginia, Maryland e Pensilvânia declararam estado de emergência nesta quinta-feira, enquanto esperam a chegada da tempestade.

A maior nevasca da história atingiu Washington em 1922. A chamada Knickerbocker, que herdou o nome do teatro que acabou destruindo, despejou 71 centímetros de neve sobre a capital norte-americana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos