Corbyn é reeleito líder do Partido Trabalhista britânico

Político supera diferenças internas e conquista 61,8% dos votos dos membros da legenda de oposição. Ele terá a árdua tarefa de unificar os trabalhistas antes das discussões para a concretização do Brexit.O socialista Jeremy Corbyn foi reeleito neste sábado (24/09) para a liderança do Partido Trabalhista britânico, o principal grupo de oposição no Reino Unido, após vencer a eleição interna da legenda. Ele pediu mais união entre os correligionários. Corbyn, de 67 anos, derrotou o deputado Owen Smith ao obter 61,8% dos votos dos membros do partido – percentual pouco mais alto do que o conquistado na primeira vez em que foi eleito para o cargo, no ano passado, quando recebeu 59,5%. "Farei o que estiver ao meu alcance para recompensá-los pela confiança", disse Corbyn. Ele ressaltou que suas energias estarão concentradas em construir uma "alternativa genuína" ao governo conservador da primeira-ministra Theresa May. "As eleições são passionais, e com frequência são mencionadas coisas no calor do debate das quais mais tarde nos arrependemos", afirmou o líder reeleito, ressaltando o clima da campanha antes da votação. "Temos muito mais em comum do que aquilo que nos divide", disse, pedindo que as diferenças sejam deixadas de lado para que seja possível "prosseguir com o trabalho que temos que fazer como um partido unido". Corbyn chegou a ser responsabilizado pela derrota do "não" no referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit), em junho, e escapou de algumas tentativas internas de golpe. Antes de deixar o cargo, o ex-primeiro-ministro David Cameron chegou a pedir numa sessão no Parlamento que Corbyn renunciasse ao cargo em nome do "interesse nacional". "Pelo amor de Deus, homem, vá embora!", disse o ex-premiê, arrancando aplausos de muitos dos parlamentares. Analistas políticos britânicos apontam que a prioridade de Corbyn deve ser unificar o partido, mas ele também tem a missão de preparar os trabalhistas para a hipótese de May convocar eleições antecipadas. Além disso, o líder reeleito terá ainda que estabelecer um planejamento para a oposição nas discussões para a concretização do Brexit. RC/efe/afp/ap

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos