Março foi o mais quente já registrado na Alemanha

Média da temperatura de março deste ano foi de 7,2 ºC, quase 4º C a mais do que a registrada entre 1961 e 1990. Aquecimento global também muda período de floração no país.O mês de março deste ano foi o março mais quente já registrado na Alemanha desde o início da medição em 1881, segundo divulgou nesta sexta-feira (31/03) o Serviço Alemão de Meteorologia (DWD). A média da temperatura foi de 7,2 ºC neste março, ultrapassando os 7ºC registrados nos anos de 1881, 1938 e 1989. Em comparação com medições internacionais realizadas entre 1961 e 1990, este março foi cerca de 3,7ºC mais quente do que a média. "Assim, este mês está dentro da tendência de mudança climática que esperávamos na Alemanha", afirmou o presidente do DWD, Gerhard Adrian. A mudança climática já é visível na Alemanha. A primavera começa cada vez mais cedo e a fase de crescimento de plantas está mais longa. Desde 1961, o período de crescimento e floração das plantas aumentou cerca de duas semanas. Já a floração de algumas espécies de plantas, que marcam o início da primavera, acontece cerca de duas semanas mais cedo do que na década de 1960. A floração da maçã na Alemanha também sofreu mudanças com o aquecimento global. "Observamos que a floração da maça ocorre cerca de dez dias mais cedo nos últimos 25 anos", afirma Margareta Barth, do Departamento para Meio Ambiente e Proteção Ambiental de Baden-Württemberg. Neste ano, porém, devido ao março quente, as maçãs floresceram ainda mais cedo. Nos últimos dez anos, a floração começava em média no dia 11 de abril, ou seja, onze dias mais tarde do que ocorreu em 2017. CN/dw/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos