O Brasil na imprensa alemã (05/07)

Papel da soja no desmatamento da Amazônia, Temer de olho nos interesses da indústria agrária, mercado brasileiro volátil para a Bayer, e ida do meio-campista alemão Alexander Baumjohann para o Coritiba foram destaque.Der Tagespiegel – Brasil e a maldição da soja, 02/07/2017 O cultivo da soja no Brasil já era incentivado à força pelos presidentes de esquerda Lula da Silva und Dilma Rousseff. No entanto, o novo governo, sob Michel Temer investe agora com ainda mais peso na indústria agrária voltada para a exportação. Ele planeja diversas leis que acelerarão ainda mais o desmatamento da Floresta Amazônica em favor de latifundiários, pecuaristas e companhias de mineração. Ele faz isso ignorando o perigo de que o Brasil não alcance suas metas climáticas asseguradas no Acordo de Paris. Já em sua controvertida tomada de poder no último ano, Temer sinalizou que a partir de então os interesses da indústria agrária e mineradora teriam prioridade. Ele nomeou como ministro da Agricultura um dos maiores plantadores de soja do mundo. No Congresso, ele fundamenta seu poder na assim chamada "ala agrária": políticos que são, eles próprios, latifundiários e pecuaristas. [...] O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, abandonou o acordo do clima de Paris. O governo conservador do Brasil – segundo maior país da América e, devido a sua riqueza florestal, de grande importância para o clima – está francamente a caminho de seguir o exemplo. ARD.de – Bayer em apuros no Brasil, 03/07/2017 Depois do alerta de lucros da sexta-feira, vem a bronca dos analistas: certos investidores agora só pegam as ações da Bayer com a ponta dos dedos. Há ceticismo também na Bayer: o conglomerado não acredita que o setor de agrotóxicos vá se recuperar tão rapidamente no Brasil. Liam Condon, responsável pelo setor agrário na presidência da Bayer, acredita que os negócios se manterão incertos no Brasil. As perspectivas para a agricultura, em si, são muito boas, mas, devido à instabilidade política e econômica – associada ao perigo de uma desvalorização da moeda e de outros problemas de liquidez –, [Condon] conta com um mercado volátil. Bild – Baumjohann vai para o Brasil, 05/07/2017 Com essa mudança, ninguém contava... Antes celebrado como supertalento, Alexander Baumjohann, de 30 anos, se muda para o Brasil, assinando até o fim do ano com o Coritiba FC, de primeira divisão. Foi o que anunciou o clube em sua homepage. Há apenas duas semanas, o meio-campista anunciou sua despedida do Hertha BSC. Agora, a transferência-surpresa! A adaptação não deve demorar muito. Sua esposa, Tatiane, é brasileira, e Baumjohann fala português fluentemente. Também em casa, com as duas filhas, Baumjohann fala principalmente português, segundo o comunicado do Coritiba. Em entrevista à emissora do clube, o craque da Bundesliga diz que sempre gostou do futebol brasileiro e que agora chegou o momento certo de jogar no Brasil. AV/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos