Voo direto mais longo do mundo ligará Cingapura a Nova York

Fernando Caulyt

Empresa Singapore Airlines fará a rota a partir de outubro. Trajeto, com cerca de 16.700 quilômetros, será percorrido em 18 horas e 45 minutos com os novos Airbus A350-900ULR.A Singapore Airlines confirmou nesta quarta-feira (30/05) que vai oferecer o voo comercial sem paradas mais longo do mundo a partir de 11 de outubro. A rota de cerca de 16.700 quilômetros entre Cingapura e o aeroporto de Newark, em Nova York, será percorrida em 18 horas e 45 minutos.

Atualmente, o voo comercial mais longo do mundo é da Qatar Airways. A empresa faz a rota entre a capital do Catar, Doha, e Auckland, na Nova Zelândia, percorrendo 14.500 quilômetros em cerca de 17 horas e 40 minutos.

Para conseguir realizar o voo direto, a empresa de Cingapura usará o novo Airbus A350-900ULR (Ultra Long Range) configurado com duas classes: 67 poltronas na classe executiva e 94 assentos na econômica premium.

Apesar do longo tempo de viagem, a Singapore Airlines promete proporcionar uma experiência de viagem mais confortável com recursos como tetos mais altos, janelas maiores, iluminação projetada e baixo nível de ruído para reduzir o jetlag.

A fuselagem feita de materiais compostos, como fibra de carbono; um novo sistema de renovação de ar interno e o aperfeiçoamento dos níveis de umidade também vão melhorar a experiência do passageiro. A empresa também planeja relançar no futuro voos de Cingapura para Los Angeles com o A350-900ULR.

"A Singapore Airlines sempre se orgulhou de ultrapassar as fronteiras e oferecer a melhor comodidade de viagem para nossos clientes", afirmou Goh Choon Phong, presidente da Singapore Airlines. "E nós estamos satisfeitos por liderar o caminho com esses novos voos diretos usando a mais recente tecnologia do A350-900ULR."

A partir de 11 de outubro os voos serão feitos três vezes por semana. Já a partir de 18 de outubro eles serão diários na rota entre Cingapura e Nova York. As passagens estão disponíveis a partir de 31 de maio nos diversos canais de venda da companhia.

A companhia de Cingapura chegou a fazer voos de seu hub para Nova York e Los Angeles até novembro de 2013 com aviões Airbus A340-500, que já foram aposentados pela empresa. Na época, as aeronaves estavam configuradas apenas com 100 poltronas de classe executiva.



----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos