Homem armado invade escola no norte do Canadá e mata pelo menos 5 pessoas

Toronto (Canadá), 22 jan (EFE).- Um homem armado invadiu nesta sexta-feira uma escola de ensino médio na cidade de La Loche, no norte do Canadá, e matou pelo menos cinco pessoas.

O número de vítimas foi confirmado pelo primeiro ministro do país, Justin Trudeau, em entrevista coletiva realizada em Davos, na Suíça, onde ele participa do Fórum Econômico Mundial. Além dos cinco mortos, outras duas pessoas ficaram gravemente feridas.

Trudeau disse que o suspeito foi detido pela polícia local e que a situação está "sob controle". "Obviamente, esse é o pior pesadelo de qualquer pai. Quando falei com os líderes da comunidade, eles me disseram que todos estão tristes", afirmou o primeiro-ministro.

O incidente ocorreu por volta das 19h GMT (17h em Brasília) na Escola Comunitária de La Loche, de 2,7 mil habitantes, situada a cerca de 3,5 mil quilômetros ao noroeste de Toronto.

Um dos alunos, Noel Desjarlais, disse à emissora pública canadense "CBC" que estava no interior da instituição quando ouviu seis ou sete disparos.

"Houve muitos gritos. Seis ou sete tiros antes de eu sair. Acho que houve mais disparos quando eu estava saindo. Acabei correndo e pedindo que as pessoas fugissem", disse.

A imprensa local afirmou que o suspeito de ser o autor do tiroteio é um jovem da própria comunidade.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos