Membros do Conselho Eleitoral do Haiti renunciam após adiamento de 2º turno

Porto Príncipe, 23 jan (EFE).- Dois membros do Conselho Eleitoral Provisório (CEP) do Haiti renunciaram neste sábado, após o órgão ter decidido ontem adiar o segundo turno das eleições presidenciais, marcado para ocorrer inicialmente neste domingo.

O primeiro a divulgar a saída do CEP foi o vice-presidente do órgão, Pierre Manigat Jr. Em carta enviada ao presidente do Haiti, Michel Martelly, ele justificou sua decisão por "compromissos adquiridos" antes de sua escolha como conselheiro.

Horas depois, outro dos membros do CEP, Jaccéus Joseph, anunciou sua renúncia, mas não deu detalhes sobre sua decisão.

O CEP decidiu adiar na sexta-feira o segundo das eleições presidenciais por "razões de segurança", entre elas supostas ameaças de morte contra seus membros.

Por enquanto, não se sabe quando o pleito será realizado, apesar de o mandato de Martelly terminar no dia 7 de fevereiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos