Exército turco assegura ter detido 23 membros do EI

As patrulhas fronteiriças do Exército turco detiveram 23 supostos membros do grupo jihadista EI (Estado Islâmico) junto com 21 menores de idade, segundo informou neste domingo (24) em uma nota a cúpula das Forças Armadas da Turquia.

As detenções ocorreram no sábado em Elbeyli, um município da província turca de Kilis que faz limite com o território sírio sob domínio do Estado Islâmico.

"Foram detidas 23 pessoas que são consideradas membros da organização terrorista" EI, "junto com 21 crianças, e que tentavam atravessar de forma clandestina da Síria à Turquia", afirma o breve comunicado militar.

O comunicado não esclarece a nacionalidade dos detidos e nem quais indícios fazem pensar que não se trata simplesmente de refugiados sírios.

Em anos anteriores, a maioria dos supostos membros do EI detidos na fronteira turco-síria, frequentemente cidadãos de países europeus ou asiáticos, tentavam entrar ilegalmente na Síria, enquanto nos últimos meses, os comunicados militares apontam com maior frequência o caso inverso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos