Palestino morre após explosão de bomba que usaria para atacar base de Israel

Jerusalém, 24 jan (EFE).- Um palestino de 17 anos, morador da aldeia de Abu Dis, em Jerusalém Oriental, morreu neste domingo após a explosão de uma bomba que seria usada por ele para atacar uma base israelense próxima, informou a imprensa local.

De acordo com fontes palestinas citadas pelo jornal "Ha'aretz", o incidente ocorreu nas imediações de um posto de controle da Polícia de Fronteiras de Israel em Abu Dis. Já a emissora pública de rádio de Israel informou que a bomba explodiu nas mãos do agressor quando ele se dirigia para perto da base.

Por enquanto, não se sabe o motivo da deflagração do explosivo e se o menor, identificado como Nabil Halabiya, planejava jogar o artefato dentro do posto de controle.

De acordo com a Crescente Vermelha da Palestina, equivalente local da Cruz Vermelha, durante horas os serviços médicos não puderam se aproximar do local onde estava o corpo do jovem.

Os restos mortais foram levados a um hospital da aldeia palestina. A família afirmou que o enterro ocorrerá ainda na manhã desde domingo, enquanto ativistas declararam três dias de luto em homenagem ao jovem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos