Pesquisa revela que anglicanos estão mais favoráveis a casamento gay

Londres, 30 jan (EFE).- Uma pesquisa divulgada neste sábado mostrou que, pela primeira vez, no Reino Unido há mais anglicanos a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo do que contrárias a essas uniões.

Dos mais de 1.500 fiéis consultados, 45% consideraram que os casamentos gay é correto, contra 37% que disseram ser errado. O levantamento, elaborado pela empresa YouGov, também revelou um grande aumento no apoio uniões homoafetivas registradas nos últimos três anos. Oficialmente, a Igreja Anglicana só aprova o casamento entre um homem e uma mulher.

Há três anos, uma pesquisa similar, feita pela mesma empresa, constatou que 38% dos anglicanos defendiam as uniões gays, enquanto 47% achavam que os casamentos entre pessoas do mesmo sexo eram reprováveis. Na nova pesquisa, foi registrado maior apoio entre os anglicanos jovens. Do total de entrevistados, pelo menos a metade com menos de 55 anos é a favor do casamento gay e 72% dos entrevistados com idades entre 25 e 34 anos também aprovam.

O menor apoio foi entre os homens anglicanos maiores de 55 anos, segundo a pesquisa, encomendada por Jayne Ozanne, membro do Sínodo Geral da Igreja da Inglaterra. Para ela, os dados revelam que a Igreja Anglicana está "seriamente fora de moda".

"É profundamente preocupante que o grupo que parece menos aberto à mudança seja o dos homens anglicanos com mais de 55 anos. Infelizmente, este é exatamente o perfil daqueles que ocupam as posições mais altas de poder e influência dentro da Igreja", afirmou.

Por sua vez, um porta-voz da Igreja Anglicana adiantou em declarações divulgadas hoje pela rede de TV "BBC" que conversaria sobre o assunto e voltaria a colocar a questão no próximo Sínodo Geral.

No começo do mês, o arcebispo de Canterbury, Justin Welby, pediu desculpas à comunidade LGBT pela "dor" gerada pela Igreja Anglicana no mundo todo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos