Berlim se alegra de Assad e oposição síria apoiarem acordo entre EUA e Rússia

Berlim, 22 fev (EFE).- O governo da Alemanha celebrou nesta segunda-feira que tanto o governo sírio como a oposição moderada estejam de acordo com o compromisso alcançado pelos Estados Unidos e pela Rússia neste fim de semana para tentar alcançar um cessar-fogo na Síria.

O ministro de Relações Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier, afirmou hoje em Berlim, em entrevista coletiva conjunta com o chanceler francês, Jean-Marc Ayrault, que "após o fim de semana podemos conseguir agora outro grande passo à frente".

Steinmeier destacou que "o regime em Damasco", em referência ao governo do presidente Bashar al Assad, e a "oposição moderada" estão "dispostos a avançar por este caminho".

Nas últimas semanas estão sendo dados "passos decisivos" nesta crise, disse Steinmeier, em referência ao Acordo de Munique, fechado no início de fevereiro, no qual EUA e Rússia concordaram em iniciar uma cessação das hostilidades em uma semana e melhorar, de forma imediata, a entrega de ajuda humanitária a toda a população civil.

Neste último aspecto, o ministro de Relações Exteriores alemão considerou que a entrega de alimentos aos moradores das cidades sitiadas melhorou "em alguns lugares" nos últimos dias, algo positivo.

Ayrault falou de uma "radical melhora da situação" em alguns enclaves, mas insistiu que é necessário "que acabem os bombardeios para que a ajuda humanitária possa chegar".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos