Palestinos são abatidos após ataque contra israelense em assentamento

Jerusalém, 2 mar (EFE).- As forças de segurança de Israel abateram dois palestinos na madrugada desta quarta-feira depois que os mesmos entraram em um assentamento judeu no território palestino ocupado, atacaram e feriram um homem, informou o exército israelense.

O incidente ocorreu no assentamento judeu de Eli, no sul da cidade de Nablus, que fica no norte da Cisjordânia, pouco depois das 5h locais (0h de Brasília).

"Dois agressores se infiltraram na comunidade de Eli e atacaram um homem fora de sua casa. As forças de segurança chegaram ao local e detectaram os agressores nas proximidades do imóvel", explicou o exército em comunicado.

"Devido à ameaça significativa para o povo da comunidade, as forças dispararam contra os agressores, o que resultou em sua morte. A vítima foi ferida e removida para receber tratamento médico em um hospital", acrescentou a instituição militar na nota.

Este incidente se insere na atual onda de violência e ataques de palestinos contra israelenses que vêm acontecendo desde outubro do ano passado, a maioria envolvendo agressões com arma branca.

Somente nesse período, 185 palestinos morreram, dois terços deles ao perpetrar ou tentar cometer ataques, e o resto em enfrentamentos com as forças de segurança.

Um total de 30 israelenses, dois estrangeiros e um palestino morreram vítimas desses ataques.

Segundo as estatísticas do Ministério das Relações Exteriores israelense, agressores palestinos realizaram, ou tentaram executar, 192 casos de esfaqueamento, 76 ataques com disparos de arma de fogo e 39 atropelamentos propositais, nos últimos cinco meses, dados estes que são questionados pelas autoridades palestinas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos