Bombardeios na Síria deixam 21 mortos

Beirute, 11 mar (EFE).- Pelo menos 21 pessoas morreram nesta sexta-feira atingidos por bombardeios de aviões de guerra no leste da província de Homs e em um bairro da cidade de Aleppo, a maior do norte do país, informou a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Pelo menos 15 dessas 21 pessoas morreram em um ataque aéreo no caminho entre as cidades de Palmira e Al Sukhna - no leste de Homs e que estão sob o controle do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) - quando o ônibus em que estavam foi atingido.

O veículo, que ficou carbonizado, seguia da cidade de Al Raqqa, principal reduto do EI na Síria, à capital Damasco.

Já no distrito de Al Salehin, em Aleppo, seis civis, entre eles dois menores, morreram em outro bombardeio.

A ONG não descartou que o número de mortos aumente porque há feridos em estado grave e vários desaparecidos sob escombros. O Observatório também não soube informar a nacionalidade dos aviões que efetuaram esses ataques.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos