Morre vencedor do Nobel de Literatura em 2002, o húngaro Imre Kertesz

Budapeste, 31 mar (EFE).- O ganhador do prêmio Nobel de Literatura em 2002, o húngaro Imre Kertesz, morreu nesta quinta-feira em sua casa, em Budapeste, aos 86 anos de idade, informou a agência "MTI".

Segundo a editora Magvetö, o escritor, que sobreviveu aos campos de concentração de Auschwitz e Buchenwald, morreu às 4h locais (23h de Brasília da quarta-feira) após uma "longa doença".

Kertesz recebeu o Nobel de Literatura em 2002, o que o transformou no primeiro escritor húngaro laureado pela Academia Sueca, por uma obra que traz relatos sobre o Holocausto e os campos de concentração do regime nazista.

Nascido em 1929 em Budapeste, Kertesz viveu e trabalhou na Hungria e também na Alemanha.

O comitê do Nobel da Academia Sueca disse que a obra de Kertesz "preserva a experiência frágil do indivíduo contra a arbitrariedade bárbara da história".

Autor, entre outras, de "Sem Destino" (1975), "O Fiasco" (1988) e "Kaddish para uma Criança que não Vai Nascer" (1990), o escritor também foi um renomado tradutor para o húngaro de obras em língua alemã, como as de Elias Canetti, Sigmund Freud, Hugo von Hoffmannstahl, Friedrich Nietzsche, Joseph Roth e Arthur Schnitzler. EFE

mn-jk/rpr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos