Nova réplica de magnitude 6 atinge região afetada por terremoto no Equador

Em Quito

Uma nova réplica de magnitude 6 na escala Richter foi registrada nesta quinta-feira (21) em um setor do litoral do Equador, na mesma região onde ocorreu o terremoto de magnitude 7,8 no último sábado, que até o momento deixou mais de 580 mortos.

O Instituto Geofísico (IG) da Escola Politécnica Nacional do Equador indicou que a réplica se situou no mar, cerca de 60 quilômetros a oeste de Jama, uma das localidades mais atingidas pelo terremoto de sábado, e a menos de dez quilômetros de profundidade.

A réplica, que de forma preliminar foi mensurada com magnitude 6,3, foi revisada para 6, detalhou à Agência Efe uma fonte do IG, que monitora permanentemente a atividade sísmica no país.

O tremor foi sucedido por outras réplicas de magnitudes menores, em torno de 5, e foi sentido também em Quito e em outras regiões do país.

A fonte do IG indicou que, até o momento, foram registradas 657 réplicas do terremoto principal que ocorreu às 18h58 locais (20h58 de Brasília) de sábado, dia 16 de abril, e cujo epicentro se situou entre as populações de Cojimíes e Pedernales, na província litorânea de Manabí, no noroeste do país.

O IG acredita que as réplicas continuarão por uma semana "ou mais".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos