Turquia detém seis supostos jihadistas que preparavam atentados

Istambul, 23 abr (EFE).- A polícia turca deteve seis supostos membros do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) que preparavam atentados contra altos cargos do Estado, informa neste sábado o escritório do governador da província de Konya.

Segundo um comunicado oficial, os agentes detiveram na sexta-feira nessa província, situada no centro do país, seis cidadãos estrangeiros suspeitos de vínculos com o EI.

Os jihadistas tinham intenção de atentar contra altos cargos do Estado quando fossem visitar Konya e contra "outros alvos estratégicos", assegura a nota.

"A operação policial impediu prováveis atentados em nossa província", conclui.

Segundo a emissora "CNNTÜRK", um dos suspeito tinha vindo da Síria e foi detido após dois meses de acompanhamento policial em uma casa isolada de um só apartamento, na qual foram encontrados vários documentos relativos ao EI, mas nenhum explosivo.

Konya, uma das províncias mais conservadoras da Turquia, na Anatólia Central, é a região natal do primeiro-ministro, Ahmet Davutoglu, que também a representa como deputado e à qual realiza frequentes visitas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos