Explosão no norte do Sinai mata pelo menos dois policiais egípcios

Cairo, 29 mai (EFE).- Pelo menos dois membros da polícia egípcia morreram neste domingo e três recrutas ficaram feridos pela explosão de um bomba colocada ao lado da estrada pela qual transitavam no norte da Península do Sinai.

Em comunicado, o Ministério do Interior egípcio informou que as vítimas pertencem às Forças da Segurança Central e que um dos mortos é um suboficial de Polícia, enquanto os feridos são jovens que recebem treinamento.

A explosão aconteceu no caminho de Bir Lahfan, situado no deserto ao sul da cidade de Al Arish, capital da província do Sinai Norte.

As forças de segurança egípcias são alvo diariamente de ataques por parte de grupos armados radicais que se instalaram na zona, incluída a filial local do grupo terrorista Estado Islâmico.

Os ataques contra a polícia e exército egípcios se intensificaram desde o golpe de Estado contra o presidente islamita Mohammed Mursi, afastado do poder pelos militares em 3 de julho de 2013.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos