Crocodilo leva uma mulher que tomava banho em praia da Austrália

Em Sydney

  • William West/AFP

    Foto de arquivo mostra crocodilo de 700 kg chamado Rex no zoológico de Sydney

    Foto de arquivo mostra crocodilo de 700 kg chamado Rex no zoológico de Sydney

As autoridades da Austrália temem pela vida de uma mulher que foi atacada por um crocodilo em uma praia do parque nacional Daintree, no nordeste do país, e que permanece desaparecida, informou nesta segunda-feira (30) a imprensa local.

A mulher, de 46 anos, se banhava ontem à noite nas águas pouco profundas junto com uma amiga na praia Thornton quando o crocodilo a atacou e a arrastou para debaixo da água, apesar das tentativas de sua acompanhante de ajudá-la a se libertar do réptil.

"Certamente (sua situação) é muito preocupante neste momento e tememos gravemente pela mulher", disse o agente policial Rusell Parker à emissora local "ABC".

A amiga da vítima, de 47 anos, foi levada para o hospital onde foi tratada por causa de arranhões, provavelmente causados pelo crocodilo, e choque emocional.

As autoridades continuam procurando a mulher por ar e pelo litoral próximo à praia Thornton, onde nas últimas semanas tinha sido avistado um crocodilo de cinco metros.

O último ataque de crocodilo ocorrido na área, onde este tipo de réptil é abundante, aconteceu em 2009 quando Jeremy Doble, um menino de cinco anos, foi arrastado em um pântano perto de sua casa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos