PUBLICIDADE
Topo

Crocodilo leva uma mulher que tomava banho em praia da Austrália

Foto de arquivo mostra crocodilo de 700 kg chamado Rex no zoológico de Sydney - William West/AFP
Foto de arquivo mostra crocodilo de 700 kg chamado Rex no zoológico de Sydney Imagem: William West/AFP

Em Sydney

30/05/2016 03h19

As autoridades da Austrália temem pela vida de uma mulher que foi atacada por um crocodilo em uma praia do parque nacional Daintree, no nordeste do país, e que permanece desaparecida, informou nesta segunda-feira (30) a imprensa local.

A mulher, de 46 anos, se banhava ontem à noite nas águas pouco profundas junto com uma amiga na praia Thornton quando o crocodilo a atacou e a arrastou para debaixo da água, apesar das tentativas de sua acompanhante de ajudá-la a se libertar do réptil.

"Certamente (sua situação) é muito preocupante neste momento e tememos gravemente pela mulher", disse o agente policial Rusell Parker à emissora local "ABC".

A amiga da vítima, de 47 anos, foi levada para o hospital onde foi tratada por causa de arranhões, provavelmente causados pelo crocodilo, e choque emocional.

As autoridades continuam procurando a mulher por ar e pelo litoral próximo à praia Thornton, onde nas últimas semanas tinha sido avistado um crocodilo de cinco metros.

O último ataque de crocodilo ocorrido na área, onde este tipo de réptil é abundante, aconteceu em 2009 quando Jeremy Doble, um menino de cinco anos, foi arrastado em um pântano perto de sua casa.