Ataques do PKK matam quatro soldados na Turquia

Ancara, 29 jun (EFE).- Quatro soldados turcos morreram nesta quarta-feira e cinco ficaram feridos no sudeste da Turquia em três ataques presumivelmente perpetrados pelo proscrito Partido dos Trabalhadores de Curdistão (PKK), informou a emissora "CNNTÜRK".

Dois soldados morreram e três foram feridos após a explosão de uma bomba colocada em uma estrada na província de Mardin durante a passagem do veículo no qual viajavam.

Testemunhas dos fatos indicaram que depois da detonação houve um tiroteio.

Em outro fato, um suposto comando do PKK atacou os soldados com um míssil durante um operação na zona rural de Lice, uma cidade na província de Diyarbakir.

Três soldados ficaram feridos e um deles morreu pouco depois.

Em Bismil, outra cidade de Diyarbakir, um sargento do Exército turco foi morto diante de sua casa por rebeldes do PKK.

O Estado-Maior do Exército turco informou nesta quarta-feira em seu site que a aviação bombardeou ontem posições do PKK no norte do Iraque e destruiu três esconderijos dos rebeldes.

Segundo outras fontes militares, cerca de 40 militantes do PKK morreram em outro bombardeio na mesma região na terça-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos