Ataque aéreo da coalizão a comboio do EI no Iraque mata 47 jihadistas

Mossul (Iraque), 11 jul (EFE).- Pelo menos 47 membros do grupo terrorista Estado islâmico (EI) morreram na madrugada desta segunda-feira e dezenas ficaram feridos em um ataque aéreo da coalizão internacional na província setentrional iraquiana de Ninawa, informou um responsável local.

O chefe do Comitê de Segurança do Conselho Local de Ninawa, Mohammed al Bayati, disse à Agência Efe que os extremistas foram atingidos quando estavam em um comboio que se dirigia desde Mossul, capital de Ninawa, à zona de Al Qayara, 50 quilômetros ao sul da cidade.

O bombardeio da coalizão internacional, liderada pelos EUA, destruiu além disso 14 veículos do comboio jihadista.

Os combatentes do EI viajavam por um caminho desértico rumo a Al Qayara para reforçar essa região, após ter perdido no sábado a estratégica base aérea próxima nessa cidade pelas mãos do exercito iraquiano.

A base aérea de Al Qayara é das mais importantes do Iraque e das maiores do Oriente Médio, com 20 quilômetros quadrados de superfície.

Está localizada a 20 quilômetros ao sul da população de Al Qayara e 15 quilômetros ao oeste do rio Tigre, cuja margem oriental é dominada pelas tropas governamentais.

Seu controle é considerado fundamental para a ofensiva que está sendo realizada pelas forças iraquianas contra o EI na província de Ninawa e cujo objetivo é recuperar a cidade de Mossul, principal reduto dos jihadistas no Iraque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos