Estado Islâmico lança revista para seus seguidores no Sudeste Asiático

Em Bancoc

  • Reprodução

    Reprodução da revista "Al Fatihin"

    Reprodução da revista "Al Fatihin"

O grupo terrorista Estado Islâmico (EI) lançou uma revista em malaio dirigida a seus seguidores na região do Sudeste Asiático, uma região onde, segundo os analistas, os jihadistas querem assentar um califado regional, informam nesta terça-feira (12) a imprensa local.

A revista "Al Fatihin" ("O conquistador") foi lançada no dia 20 de junho, no sul das Filipinas, região de maioria muçulmana onde vários grupos extremistas, entre eles o Abu Sayyaf, juraram lealdade ao EI, afirma o jornal "The Straits Times", de Cingapura.

A publicação, de acordo com a fonte, também foi distribuída em Brunei, Malásia, Cingapura, sul da Tailândia e Indonésia.

Um especialista em matéria de segurança declarou ao site malaio "Malay Mail Online" que a divulgação na região de um meio de comunicação do EI é uma evidência da presença jihadista na região.

Segundo números oficiais da Malásia, Indonésia e Filipinas, pelo menos 500 cidadãos destes países aderiram ao EI que combatem na Síria e Iraque, embora os números reais de combatentes possam ser maior.

Partes destes guerrilheiros teriam retornado para seus países fazendo com que as autoridades aumentem a segurança contra possíveis atentados.

Um vídeo divulgado pelo Estado Islâmico no dia 5 de julho mostra mostra a queima de passaportes e documentos por parte de supostos membros do EI procedentes do Sudeste Asiático e a doutrinação de crianças na região através de imagens de uma aula de religião e outra de treinamento militar, com um jovem com um fuzil AK-47.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos