Confrontos com jihadistas matam 13 soldados do regime sírio

Cairo, 24 jul (EFE).- Pelo menos 13 membros das forças leais ao regime sírio morreram nas últimas horas em confrontos com combatentes do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) na província central síria de Hama, informou neste domingo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Os confrontos aconteceram no leste de Hama e os jihadistas também atacaram com um carro-bomba.

Além disso, fizeram pelo menos quatro soldados do governo sírio prisioneiros, acrescentou a ONG.

Estes enfrentamentos acontecem depois que na quarta-feira passada o Exército sírio assegurou que sua força aérea tinha matado uma centena de membros do EI no leste de Hama.

O Observatório explicou, além disso, que o grupo jihadista lançou na quarta-feira um ataque contra posições das forças governamentais no leste de Hama.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos