Ataque de pai da noiva em casamento no Iêmen mata 8 mulheres e 4 crianças

Sana, 27 set (EFE).- Pelo menos oito mulheres e quatro crianças morreram e mais de 20 ficaram feridos durante um casamento na província iemenita de Ib, depois que o pai da noiva detonou duas granadas de mão, informaram nesta terça-feira à Agência Efe fontes de segurança.

As fontes explicaram que o agressor, que também faleceu com a explosão da segunda bomba, sofria de transtorno psicológico.

O homem invadiu a celebração, que ocorria na noite de segunda-feira na cidade de Yarim, 30 quilômetros ao sul de Sana, e lançou duas granadas contra as mulheres congregadas.

Entre as mortas estão a mãe e a avó da noiva, que, por sua vez, saiu ilesa porque ainda não tinha chegado ao local do casamento.

As fontes indicaram que o motivo do ataque é provavelmente uma disputa entre o pai e a mãe da noiva, que estavam separados, sobre o casamento de sua filha.

Cerca de 130 pessoas morreram em setembro de 2015 em um casamento no sudeste do Iêmen, embora nessa ocasião por conta de um bombardeio da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita, que opera no país contra os rebeldes houthis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos