Operação na Alemanha, Bélgica e Espanha prende 5 supostos jihadistas

Em Madri

Cinco supostos jihadistas foram presos pela polícia na Espanha, Alemanha e Bélgica em uma operação conjunta realizada pelas forças de segurança dos três países, informou nesta quarta-feira (28) o Ministério do Interior espanhol.

Na Espanha, foram detidas três pessoas - dois em Barcelona e uma em Melilha -, em Wuppertal (Alemanha) outra e uma em Bruxelas.

Os cinco detidos "formavam uma célula com uma estrutura perfeitamente organizada, que seguindo as regras da organização terrorista Estado Islâmico (EI), atuavam através de diferentes canais da internet", informou o ministério, destacando a página no Facebook chamada "Islã em Espanhol", administrada pelos presos na Alemanha e Bélgica, como ponto de encontro de todos eles.

Esta página conta com 32,5 mil seguidores "e suas publicações, a maioria em espanhol, com o pretexto de divulgar conteúdo religioso, intercala mensagens e comentários de caráter radical onde os combatentes jihadistas e as ações realizadas pelo EI são exaltadas", disse o ministério do Interior.

Segundo a investigação, este grupo tentava "incitar a prática de atos terroristas" e de colocar em prática "de forma consciente a tática de guerra conhecida como terror informativo".

Eles também se dedicavam a localizar e selecionar "elementos radicais para proceder a seu adequado doutrinamento e captação como colaboradores", fornecer os contatos necessários aos captados como futuros combatentes do EI, que facilitaria mudança aos territórios controlados pela organização terrorista, e servir como aparelho de propaganda e divulgação em massa do EI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos