Exército sírio faz contra-ofensiva para recuperar regiões perdidas em Aleppo

Cairo, 29 out (EFE).- O Exército sírio e as milícias leais ao presidente Bashar al Assad lançaram neste sábado uma contra-ofensiva em vários pontos da cidade de Aleppo, contra as forças rebeldes e o antigo braço da Al Qaeda no Iraque, para tentar recuperar as regiões perdidas na sexta-feira.

De acordo com o Observatório sírio dos Direitos Humanos, o ataque governamental foca nos bairros Dahie al-Assad, Minian e Project 1017, e foi acompanhado por bombardeios intensos de aviões e helicópteros que lançaram mísseis e barris explosivos.

Além disso, os ataques aéreos do regime sírio tiveram como alvo diferentes pontos da frente de combate, que se estende do bairro de Yamia al Zahra até o sul da cidade.

Várias facções rebeldes e islamitas, junto à Frente da Conquista do Levante (antiga Frente al Nusra, braço da Al Qaeda na Síria) e o Partido Islâmico Turcomano lançaram nesta sexta-feira uma ampla ofensiva para tentar romper o cerco imposto pelo regime aos bairros no leste de Aleppo, sob controle rebelde.

As hostilidades se intensificaram em Aleppo desde o fim de semana passado, após o término de uma pausa humanitária de quatro dias, declarada pela Rússia e pelo governo de Damasco.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos