Maduro se compromete com diálogo e estende a mão a seus opositores

Da EFE, em Caracas

  • Xinhua/Presidencia de Venezuela

    Vaticano tenta mediar diálogo entre Maduro e oposição no país

    Vaticano tenta mediar diálogo entre Maduro e oposição no país

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, se comprometeu neste domingo com o processo de diálogo para tentar aliviar a crise do país, iniciado esta noite e que tem a mediação do Vaticano entre seu governo e seus opositores, a quem lhes estendeu a mão.

"Quero dar ao representante do papa Francisco, como o fiz há poucos dias em Roma, o obrigado e meu compromisso absoluto como presidente da República e líder do Movimento Bolivariano e Revolucionário da Venezuela com este processo de diálogo", afirmou durante a instalação do processo de conversas.

Além disso, Maduro afirmou que vai ao diálogo disposto "a escutar e tomara ser escutado" para "buscar pontos de encontro em função dos interesses das grandes maiorias".
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos