Presidente da Colômbia e líder das Farc assinam novo acordo de paz

Bogotá, 24 nov (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, e o chefe máximo das Farc, Rodrigo Londoño, conhecido como "Timochenko", assinaram nesta quinta-feira em Bogotá o novo acordo de paz, para acabar com 52 anos de conflito armado interno.

Santos e "Timochenko" assinaram o acordo, que complementa o original do dia 26 de setembro em Cartagena das Índias, às 11h30 (horário local, 14h30 em Brasília) no Teatro Colón de Bogotá.

O primeiro a assinar foi o chefe da guerrilha, seguido pelo chefe de Estado, que utilizaram, da mesma forma que no primeiro acordo, uma caneta fabricada com a cápsula de um projétil de bala de fuzil, que simboliza o caminho da Colômbia rumo à paz.

Depois da assinatura de ambos, os cerca de 800 presentes no Teatro Colón ficaram de pé e aplaudiram o momento.

Logo depois, "Timochenko" tomou a palavra, que depois será passada para o presidente Santos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos