Confrontos em Mossul matam pelo menos 14 combatentes do EI

Erbil (Iraque), 25 dez (EFE).- Pelo menos 14 combatentes do grupo terrorista Estado Islâmico (EI) morreram neste domingo e 8 ficaram feridos em enfrentamentos com as tropas antiterroristas iraquianas no leste da cidade Mossul, no norte do país.

O líder das forças antiterroristas na frente leste, o general Abdelwahab al Saedi, disse à Agência Efe que o EI lançou um ataque contra essas unidades no bairro de Al Zuhur, na metade oriental de Mossul, principal reduto dos jihadistas no Iraque.

Após o ataque, ocorreram enfrentamentos entre os radicais e as tropas governamentais, que duraram três horas, detalhou Al Saedi.

O dirigente militar destacou que o EI aproveitou o mau tempo para atacar as tropas perto da ponte Al Masna, na entrada do bairro Al Zuhur, mas garantiu que seus homens repeliram o ataque e mataram 14 agressores.

Os membros do EI usaram diferentes tipos de armas leves e pesadas, e entre eles havia três terroristas suicidas que levavam cinturões de explosivos, mas que foram mortos de explodir, detalhou Al Saedi.

Depois dos confrontos, a organização radical evacuou os oito feridos, que estavam em estado grave, e deixou os corpos de seus combatentes mortos, acrescentou o militar.

Al Saedi afirmou à Efe que as operações do Exército iraquiano continuam apesar do mau tempo, o que desacelerou seu progresso, devido às chuvas e às tempestades que castigam a zona há três dias. EFE

já/ff

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos