Rebeldes houthis perdem últimas duas fortificações no sul do Iêmen

Sana, 27 dez (EFE).- As forças do presidente iemenita, Abdo Rabbo Mansour Hadi, tomaram nesta terça-feira o controle das duas últimas fortificações dos rebeldes houthis xiitas na província de Shabwa, no sul do Iêmen, informaram fontes tribais à Agência Efe.

Fontes ligadas às milícias pró-governo "Resistência Popular" acrescentaram que pelo menos 20 rebeldes houthis e 11 membros das forças leais a Hadi morreram nos enfrentamentos pelo controle da região.

Os confrontos aconteceram em dois pontos de Shabwa, segundo a agência de notícias oficial "Saba", controlada pelo governo. De acordo com o chefe da Brigada XXI do Exército, coronel Yandel al Aulaqi, suas forças, apoiadas pela aviação da coalizão liderada pela Arábia Saudita, recuperam "zonas estratégicas". Ele informou que os rebeldes "fugiram depois dos confrontos violentos", que causaram baixas no movimento dos houthis, sem especificar o número.

O Exército também conseguiu libertar a região de Al Saq, em Biham, e retomou o controle de uma estrada que liga Shabwa à província de Al Bayda, para cortar as vias de fornecimento dos rebeldes, informaram as forças governamentais em comunicado. A nota detalhou que os militares também conseguiram retomar o controle do planalto de Haid bin Uqail, em Biham.

As forças de Hadi e os rebeldes disputam o poder desde setembro de 20140. A guerra aumentou desde a intervenção, em março de 2015, da coalizão militar capitaneada por Riad a favor do líder.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos