Marinheiros vietnamitas são sequestrados após ataque a navio nas Filipinas

Manila, 20 fev (EFE).- Seis marinheiros vietnamitas foram sequestrados e um achado morto após um ataque contra o navio em que estavam em águas do sul das Filipinas, informou nesta segunda-feira a guarda litorânea do país (GCF), o que pode ser obra de Abu Sayyaf ou outros grupos jihadistas que operam na região.

Após receber uma chamada das autoridades do Vietnã, a Guarda Costeira filipina foi ao resgate do MV Giang Hai, uma embarcação de bandeira vietnamita com 17 tripulantes a bordo que tinha sido abordada por piratas em águas do Mar de Sulu, indicou à Agência Efe em Manila o porta-voz da GCF.

Os soldados da Guarda Costeira das Filipinas recuperaram 10 tripulantes perto da ilha de Baguan, diante da costa da Malásia na região autônoma de Mindanao Muçulmano, e recuperaram o corpo de uma pessoa supostamente assassinado pelos piratas, segundo o porta-voz.

Os seis vietnamitas restantes tinham sido sequestrados durante o ataque perpetrado por homens armados sem identificação e não se sabe para onde foram levados, apontou.

A princípio, as autoridades asseguraram que eram sete os sequestrados, mas posteriormente corrigiram este dado.

A Guarda Costeira das Filipinas iniciou uma operação de busca junto com unidades das Forças Armadas e a Polícia Nacional do país na zona para tentar achar os sequestrados.

Em paralelo, as autoridades iniciaram uma investigação preliminar para determinar as circunstâncias do incidente sem apontar por enquanto a possíveis autores, embora os precedentes façam imaginar que pode ter sido obra de grupos jihadistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos