Presidente do Sudão do Sul renova sua chamada a um diálogo nacional

Juba, 21 fev (EFE).- O presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, renovou nesta terça-feira o convite para que a oposição participe de um diálogo nacional e insistiu que o chamado é "sério e sem rodeios".

"Não brincamos nem tentamos enganar, o objetivo do nosso governo é a paz e a união do Sudão do Sul, por isso pedimos a todos os nossos parceiros e também à oposição para que deixem suas dúvidas de lado e se unam ao diálogo nacional para restabelecer a paz, a união e a estabilidade", disse Kiir no parlamento sul-sudanês.

Em discurso, pronunciado por causa do começo do ano parlamentar, o chefe de Estado acrescentou que os trabalhos da comissão para o diálogo nacional começarão em março.

Em dezembro do ano passado, o presidente do país anunciou, também perante o parlamento, uma iniciativa para um diálogo nacional a fim de avançar rumo à reconciliação, mas a oposição rejeitou esta iniciativa por considerá-la uma manobra do governo para ganhar tempo.

Durante o discurso desta terça-feira, Kiir acrescentou que o governo elaborou um plano para melhorar a situação econômica e recuperar o valor da libra sul-sudanesa.

"Temos um novo plano econômico para conter a queda da moeda nacional e melhorar a situação econômica. Temos uma equipe que realizará as reformas exigidas com a ajuda de instituições econômicas internacionais", ressaltou Kiir.

O líder também detalhou que ordenou a reabertura dos poços de petróleo do estado de Unidade, de modo a contribuir para a recuperação da economia.

De acordo com Kiir, o Executivo sul-sudanês tem vontade de melhorar as relações com os Estados Unidos e acusou a Administração do ex-presidente Barack Obama de ter tentado provocar uma mudança de governo mediante a imposição de sanções.

O Sudão do Sul conseguiu independência do Sudão em julho de 2011 e dois anos depois explodiu um conflito entre Kiir e seu vice-presidente, Riek Machar, que continua aberto apesar da assinatura de um acordo de paz em agosto de 2015.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos