Ataque do Estado Islâmico em Al Bab mata dois soldados turcos

Istambul, 24 fev (EFE).- Dois soldados turcos morreram nesta sexta-feira e vários ficaram feridos em um ataque dos jihadistas do Estado Islâmico (EI) na cidade de Al Bab, no noroeste da Síria, informou o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim.

"Dois soldados nossos morreram em um ataque suicida durante um controle de estrada na entrada de Al Bab e há feridos", disse o líder em uma breve alocução à imprensa.

Em comunicado, as Forças Armadas turcas afirmaram que os dois militares morreram após a explosão de uma bomba caseira colocada como armadilha, supostamente pelo EI, em um cruzamento de estradas na entrada de Al Bab, controlada pelos jihadistas e que a Turquia assedia desde dezembro.

Também ficaram feridos três soldados, acrescentou o comunicado militar.

Yildirim ressaltou que "há poucos dias" as forças turcas, com apoio das milícias do Exército Livre da Síria, rodearam completamente a cidade de Al Bab e que agora realizam "trabalhos de limpeza".

Ontem, a imprensa turca afirmava que a conquista da cidade já tinha sido completa, mas não parece estar claro até que ponto o Exército a controla realmente.

Yildirim acrescentou que, em outro ataque suicida do EI ocorrido em uma aldeia ao noroeste de Al Bab, morreram 27 civis e seis combatentes do ELS.

Segundo o jornal "Hürriyet", muitas vítimas desse ataque foram evacuadas à Turquia: 42 feridos foram recolhidos por ambulâncias no posto fronteiriço de Öncüpinar para levá-los aos hospitais públicos da próxima cidade de Kilis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos