Procurador dos EUA cria nova unidade policial para combater crimes violentos

Washington, 28 fev (EFE).- O procurador-geral dos Estados Unidos, Jeff Sessions, anunciou nesta terça-feira a criação de uma nova unidade policial para combater os crimes violentos e reverter uma tendência de criminalidade crescente em todo o país.

"Os crimes violentos estão aumentando, e sempre devemos lembrar que os crimes são cometidos contra pessoas reais. A criação deste grupo de trabalho é um passo crítico para enfrentar esta crise de maneira vigorosa, efetiva e imediata", disse Sessions perante a Associação Nacional de Procuradores (NAAG) em seu primeiro grande discurso desde que assumiu o cargo.

A nova unidade inclui agentes do FBI e da Agência Antidrogas Americana (DEA) e seu objetivo é combater a imigração ilegal, o crime violento, o tráfico de drogas e a violência das gangues, indicou em comunicado o Departamento de Justiça.

A medida foi tomada em resposta à ordem executiva para a redução do crime violento assinada no dia 9 de fevereiro pelo presidente dos EUA, Donald Trump.

Nesse decreto, Trump equiparou os imigrantes ilegais a criminosos e determinou que, para manter "a ordem" no país, deve haver "um compromisso de aplicar a lei e desenvolver políticas que abordem de forma integral a imigração ilegal, o narcotráfico e o crime violento".

Segundo dados do FBI, o crime violento nos EUA caiu vertiginosamente nos últimos 25 anos.

Entre 1993 e 2015, a taxa de crimes violentos diminuiu 50%, embora entre 2014 e 2015 tenha havido um aumento de 3% neste tipo de delito e de 10% na taxa de assassinatos, de acordo com o FBI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos