Turista argentina é baleada após entrar por engano em favela do Rio

Rio de Janeiro, 28 fev (EFE).- Uma turista argentina ficou ferida ao ser atingida por um tiro na segunda-feira, quando o veículo onde viajava ao lado de seu marido e um casal de espanhóis, entrou por engano em uma favela próxima ao bairro de Santa Teresa, um dos mais visitados do Rio de Janeiro.

A vítima, identificada como Natalia Lorena Cappetti, foi levada para um hospital do Centro da cidade, segundo o portal de notícias "G1".

A polícia informou ao portal que o carro dos turistas foi baleado por um grupo de criminosos no Morro do Fallet, ao entrarem no local por engano, quando seguiam em direção ao Cristo Redentor, seguindo o aplicativo do Google Maps.

Natalia Lorena viajava no banco de trás quando recebeu o impacto da bala.

O casal argentino chegou ao Rio no último dia 21 e se encontrou, dois dias depois, com seus amigos espanhóis.

No dia 8 de dezembro do ano passado, um turista italiano foi assassinado quando entrou, também por engano e seguindo um aplicação de internet, no Morro dos Prazeres, após visitar o Cristo.

Roberto Bardella, de 52 anos, estava acompanhado de seu primo e chegaram ao Rio como escala de uma viagem de moto por vários países da América do Sul.

A área de favelas que rodeia Santa Teresa é considerada como uma das mais perigosas do Rio de Janeiro e fica apenas 1,5km do Sambódromo, onde mais de 72 mil pessoas assistem hoje a última noite dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos