Putin expressa condolências a Londres e pede unidade contra terrorismo

Moscou, 23 mar (EFE).- O presidente russo, Vladimir Putin, enviou suas condolências ao governo do Reino Unido pelos atentados de quarta-feira em Londres e advogou pela unidade internacional para lutar contra o terrorismo.

"As forças do terror são cada vez mais malvadas e cínicas. É evidente que fazer frente à ameaça terrorista requer uma unidade real dos esforços de todos os membros da comunidade internacional", afirmou Putin, segundo o serviço de imprensa do Kremlin.

Em sua mensagem dirigida à primeira-ministra britânica, Theresa May, o líder russo expressa seu apoio aos familiares das vítimas e deseja uma pronta recuperação aos feridos.

O atentado perpetrado na quarta-feira contra o parlamento britânico deixou quatro mortos, entre eles o agressor, e cerca de 40 feridos, segundo as últimas números da Polícia britânica.

Um indivíduo atropelou com um automóvel pessoas que transitavam pela ponte de Westminster, e depois apunhalou mortalmente um policial, antes de ser mortos a tiros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos