Atentado junto a edifício tomado por terroristas deixa 6 mortos em Bangladesh

Daca, 26 mar (EFE).- O número de vítimas no duplo atentado a bomba ocorrido perto de um edifício no qual há dois dias permanecem entrincheirados supostos terroristas no nordeste de Bangladesh aumentou para seis mortos e 53 feridos, segundo os últimos dados oficiais divulgados neste domingo.

"Um total de seis pessoas morreram no incidente, incluindo dois policiais, e muitas mais ficaram feridas", afirmou Basudev Banik, subcomissário da polícia de Sylhet, cidade na qual os insurgentes permanecem entrincheirados desde sexta-feira passada.

Entre os feridos no atentado de ontem se encontra o chefe do serviço de inteligência do corpo de elite da polícia bengalesa, o tenente-coronel Abul Kalam Azad, que foi levado a um hospital de Daca "devido a seu estado grave", acrescentou Banik.

Outros 53 feridos, entre eles cinco policiais, foram internados no Hospital Universitário Sylhet Osmani, confirmou à Agência Efe um médico dos serviços de emergência do centro.

O duplo atentado aconteceu no meio da tarde de ontem a centenas de metros do imóvel de cinco andares no qual se entrincheiraram os insurgentes, depois que dois homens em uma motocicleta lançaram uma bomba contra um grupo de pessoas e mais tarde, no mesmo lugar, ocorresse outra detonação.

Enquanto isso, no edifício tomado pelos terroristas, comandos especiais do exército tentam concluir a operação após conseguir retirar 78 moradores ao longo do sábado.

A esta operação antiterrorista ainda em andamento se somam duas tentativas de atentado na sexta-feira e na semana passada nos arredores do aeroporto de Daca, embora nas duas ocasiões os suicidas tenham se sacrificado sem deixar vítimas.

Os atentados acontecem após vários meses de relativa calma em Bangladesh no meio de uma ampla campanha antiterrorista lançada pelas autoridades após o ataque a um restaurante de Daca que deixou 22 mortos em julho do ano passado, a maioria estrangeiros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos