Homem é detido em Birmingham por relação com atentado de Londres

Londres, 26 mar (EFE).- Um homem de 30 anos foi detido neste domingo em Birmingham, no centro da Inglaterra, por ter relação com o atentado terrorista ocorrido na última quarta-feira no parlamento britânico, segundo informações divulgadas pela Polícia Metropolitana de Londres.

Com essa última detenção, o total de pessoas presas devido ao atentado subiu para 12, embora nove já tenham sido liberadas sem acusações, enquanto uma mulher foi solta após pagamento de fiança.

Outro homem, de 58 anos, detido na quinta-feira também em Birmingham, permanece sob custódia pelos detetives que investigam o caso. Além disso, as forças da ordem revistaram 15 propriedades em diversas cidades britânicas, como Londres, Brighton e Manchester, assim como outras áreas do sul da Inglaterra.

A Scotland Yard informou que o ataque durou apenas 82 segundos, do momento em que Khalid Masood atropelou pedestres na ponte de Westminster até quando ele tentou entrar na sede do parlamento. Ao todo, cinco pessoas morreram durante o atentado, incluindo o autor, e cerca de 0 ficaram feridas.

O responsável pelo atentado, cujo nome de nascimento era Adrian Russell Ajao, era britânico de 52 anos, nascido no condado de Kent, com histórico delitivo e antecedentes penais por agressão violenta e posse de armas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos