Novo ataque do Al Shabab deixa 5 mortos em Mogadíscio

Mogadíscio, 24 mai (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram e outras 13 ficaram feridas nesta quarta-feira após a explosão de um carro-bomba em frente a um restaurante perto do porto de Mogadíscio, capital da Somália, um ataque reivindicado pelo grupo Al Shabab.

O comandante da polícia de Mogadíscio, Mohamed Nur Jagug, disse à Agência Efe que cinco civis morreram na explosão, entre eles uma mulher e seus filhos. O Al Shabab assumiu a responsabilidade do atentado e disse que tinha como alvo membros do governo.

Além disso, o grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou autoria de seu primeiro atentado suicida na Somália. Ontem, sete pessoas morreram em um ataque realizado ontem em um restaurante de Bossaso, na região de Putland, no norte do país.

Uma célula do EI opera no país desde o surgimento do grupo em 2015, lançando ofensivas e conquistando membros, mas este foi o primeiro ataque suicida realizado pelo grupo, o que significa que a presença dos jihadistas se transforma em uma nova ameaça.

Fontes da inteligência da Somália que pediram anonimato revelaram à Efe que o Al Shabab continua predominante na região. Um grande número de comandantes do EI que tentou formar bases na região sul do país foi assassinado pela organização rival nos últimos meses.

O Al Shabab anunciou em 2012 a adesão formal à Al Qaeda e luta para instalar um estado islâmico de corte wahhabista na Somália, onde controla grandes áreas no sul e no centro do país.

Em abril, o governo da Somália declarou "estado de guerra" no país e ofereceu anistia para os terroristas que queiram se render. EFE

ma/lvl

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos